19 setembro 2013

Pensar e Chorar







Ela pela milésima vez estava pensando no que fez com sua própria vida e se suas atitudes, decisões foram certas nos últimos dias, meses... Talvez. Gostava muito de fazer isso, ou talvez não fosse gostar, era uma necessidade na vida dela, sempre quando pensava em alguma coisa e achava que tinha sido algo mais ou menos, ela ia pensando mais a fundo e acabava voltando anos atrás, onde muita coisa tinha acontecido e que tinha que ser enterrada, lá no passado e não voltar para lhe atormentar o presente e estragar o futuro.
 “Claro que ela tinha tomado decisões erradas, afinal era humana, mesmo que isso não justifique, todos têm que aprender com os erros.” era o que sempre pensava, mas nunca tinha certeza se isso realmente estava certo e acabava surgindo pequenas lágrimas em seus olhos e lá ia à primeira lágrima escorrendo pelo seu rosto, conseguia até sentir o calor da lágrima enquanto está caia, quando notava já estava se desmanchando em tanto chorar. “para onde correr?? Para quem pedir ajuda?? Ninguém entenderia, pois não tinha motivo estar chorando por coisas que se foram a muitos anos.” O jeito era ela mesmo se acalmar como sempre fazia quando ocorria esse tipo de coisa.
             “Acalma, não precisa chorar, vai passar, tudo passa.” Uma voz lhe dizia isso, não servia de todo para resolver, mas aquela voz ia fazendo que com os minutos ela parasse e se sentisse melhor até adormecer, mesmo não sendo um sono profundo, mesmo acordando aos sustos, aquilo ajudava um pouquinho... “sim, dormir lhe confortava... até ela ficar pronta novamente”.
             Não precisa dizer que quando acordava, era com um humor ruim ainda, certo?? Mas mesmo assim, acordava com mais disposição e com muitas ideias que queria fazer com que aquilo que tinha acontecido não acontecesse mais, queria parar de reclamar tanto, parar de pensar tanto nestas coisas que lhe deixavam triste, magoada. Ela iria agir, iria fazer coisas diferentes e esse sonho ia crescendo dentro dela, sabia que não seria nenhum pouco fácil, mas dessa vez ela tinha se decidido, ela sabia que ainda ia lembrar-se de muitas coisas e que se sentiria muito mal ainda, mas agora seria diferente, claro que seria.









2 comentários:

  1. Olá,vim visitar seu Blog,super amei e já estou super curtindo a fanpage,parabéns por seu cantinho.

    Gostaria de te convidar para conhecer meu Blog e se gostar e puder curtir a fanpage também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

    http://emcasademaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog! É muito fofo.. Gostei do texto, um pouco dramático como os meus mas, esses são os melhores.. Haha.
    www.15edai.blogspot.com
    Seguindo <3! Beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...