23 janeiro 2015

{Especial} Semana FML Pepper - Entrevista

Meninas, hoje como deu para notar é entrevista com a autora FML Pepper e nosso último post especial da semana. Fiquei feliz em participar e estar compartilhando com vocês várias coisas sobre a trilogia da autora, e gente... Não deixa de ler a entrevista não, porque tem uma novidade que vocês vão ficar tão ansiosas, exatamente como eu estou. 

Ah! Hoje não vai ter favoritos da semana exatamente porque eu programei dois posts para essa Sexta-feira e três seria demais, né? Mas não fiquem tristes porque Sexta-feira que vem vai ter favoritos da semana sim. Agora confira a entrevista. =)



Mato por Livros – Como você descreveria Nina e Richard? Além deles, quais são os outros essenciais e principais à trilogia?
Pepper - Bom... Sempre quis que os meus leitores não se sentissem enganados e, mesmo em se tratando de ficção fantástica, gostaria que minha obra fosse crível. Quis fazer a Nina o mais “normal” possível, ou seja, queria que ela fosse imatura pela superproteção da mãe neurótica e que realmente parecesse como uma garota com 16 anos de idade, repleta de dúvidas e medos. Desejava que ela falasse como uma garota da sua idade (e não como uma mulher de 40 anos!). Não queria que ela fosse uma chorona, mas também não admitia que ela se transformasse em uma heroína cheia de poderes num piscar de olhos. Teria que acontecer essa transição, esse amadurecimento naturalmente. E, graças ao fato de se tratar de uma trilogia, isso foi possível. Os leitores podem sentir o quanto a personagem vai mudando e se fortalecendo com o decorrer da história e não num passe de mágica como é muito comum ver em vários livros da atualidade.

Richard, por sua vez, foi o personagem mais difícil de construir pela sua dualidade, pelo seu caráter duvidoso, instável, pelo conflito interno que o consumia. Costumo dizer que ele era a “cebola” da história, com suas inúmeras camadas a serem removidas... Baseado no que encontrássemos por debaixo destas camadas, ele poderia pender a trama para um lado ou para o outro. Ele seria o mocinho com nuances de crueldade ou o vilão com pitadas de bondade? Só saberá quem ler até o final... 
É muito complicado perguntar a um autor que personagens são essências à história. Em geral são todos “filhos” e mãe nenhuma vai abrir mão de qualquer um de seus filhotes por nada nesse mundo. Assim, mesmo aqueles personagens secundários também são muito importantes e imprescindíveis para mim porque não existiria história de sucesso sem a presença deles. :)

Mato por Livros - Os leitores se identificam com os personagens?
FML Pepper - Muito! E essa identificação pode ser física, emocional e comportamental, acreditam? E não é só porque se apaixonaram pelo mocinho da história ou têm ódio mortal do vilão. Já perdi a conta de quantos leitores me mandam e-mail brigando comigo porque matei um personagem X ou Y, ou outros dizendo que se viram dentro da pele de outro, do quanto o mundo que eu criei modificou o mundo deles. Isso é simplesmente maravilhoso.

Cupcake de Letras - Como você descobriu que queria ser autora? E quais são as suas inspirações para escrever? 
FML Pepper - Rá! Eu nunca descobri isso!!!kkk Não me considero uma “escritora”, mas apenas uma pessoa que ama escrever e que escreve com paixão!
Comecei a escrever quando descobri que estava grávida e meu médico alertou que seria uma gravidez de risco e que teria que ficar os nove meses na cama se quisesse ter o bebê em meus braços. Então comecei a ler e escrever para passar o tempo e não entrar em depressão e acabei me apaixonando tanto que ao término da gestação eu tive dois bebês: o meu menininho e a literatura.
São muitos os autores que adoro, mas minhas inspirações sempre foram J.K. Rowling e Jane Austen.

O Mundo de Crisinah - Conte porquê decidiu/o que levou a começar a escrever o livro.
FML Pepper - Depois que li uma quantidade absurda de livros durante a gravidez, fiquei um tanto órfã... Quero dizer, os livros acabaram, mas algumas histórias continuaram martelando em minha mente. Assim, para não me afastar dos meus personagens queridos, resolvi escrever e fazer finais alternativos. Decidi publicar meu livro quando eu o vi em meus braços (Sim! O livro foi meu segundo bebê! rs) e percebi que estava irremediavelmente apaixonada por ele, que gostaria dividi-lo com outras pessoas, e, quem sabe, fazer dele minha ponte para novas e inesquecíveis amizades.



Meu Mundo em Tons Pastéis - Pepper, você acha que um livro, para ser bem escrito, precisa de técnicas?
FML Pepper - A única técnica que conheço é ler e escrever muito. A prática leva à perfeição e posso falar disso por experiência própria porque vejo meus rascunhos de cinco anos atrás e tenho vontade de me enforcar em um pé de alface! kkkk

Mato por Livros - Em que momento do seu dia costuma escrever?
FML Pepper - Êpa! Essa pergunta é difícil! Com a minha vida e agenda abarrotadas e de cabeça para baixo, escrevo nos tempos que sobram durante o dia (pedaços de tarde, no horário do almoço, mas geralmente depois de colocar todo mundo para dormir e de madrugada!). Acho que muitos devem saber que além de escritora, sou dentista atuante (e com agenda cheia!), tenho um filhinho que demanda muita atenção, além de marido, casa e cachorros para cuidar. Ufa! Fiquei cansada só de me ouvir! kkk

Mato por Livros - Tem planos de tentar outros gêneros literários ou escrever algo diferente?
FML Peppr - Sim!!!!!!! Planejo escrever gêneros diferentes, me recriar a cada história, mas algo que pretendo sempre manter: escrever para jovens. Não consigo me enxergar escrevendo para outro tipo de público... 

O Mundo de Crisinah - Pretende escrever outros livros? Já tem ideia de outras histórias para outros livros?
FML Pepper - Claro que sim!!!  Tenho sim! Aqui vai a notícia em primeira mão para os leitores dos queridos blogs que participam da semana FML Pepper:
JÁ COMECEI A ESCREVER UMA HISTÓRIA NOVA! 
É ISSO AÍ!!! LIVRO INÉDITO À VISTA, PESSOAL!!!
Será um livro único, New adult, uma história não fantástica, mas cheia de ação (como sempre!) e com elementos sobrenaturais. Acho que a trama vai surpreendê-los positivamente!

Mato por Livros - Como explica o sucesso de seus livros?
FML Pepper - Acho que existem duas explicações para isso: a primeira é ter escrito algo realmente original num mundo cheio de mesmices.  A segunda é Deus. Tenho certeza de que uma força maior vem guiando e protegendo meu caminho literário desde o início.

Mato por Livros - Como a internet tem ajudado você a divulgar seus livros? 
FML Pepper - A internet é tuuuudo de bom, especialmente para o caso dos escritores independentes que não têm uma grande editora por trás e fazendo (e pagando!) por todo o seu marketing.  As mídias sociais são imperativas pelo boca a boca de uma obra literária (desde que tenha qualidade, claro!). 

Mato por Livros - Como vê a crítica ao seu trabalho?
FML Pepper - A melhor coisa que poderia ter me acontecido!!!
Hoje agradeço aos céus cada recado indelicado, cada crítica rasgada que recebi no passado. Foi graças a elas que me transformei, melhorei minha escrita e cheguei onde estou. 

Mato por Livros - Você tem muito contato com os seus leitores? Eles sugerem novas histórias?
FML Pepper - Tenho sim!!! Aliás, com minha vida atribulada, são eles que mais entram em contato comigo!
Eles pedem histórias novas, mas, principalmente, querem que escreva mais sobre Richard, Nina e o mundo fantástico que eu criei. Querem Spin-off de tudo! De Shakur, de John, de Stela. Até de Tyron e Malazar já pediram!!! rsrssr

Mato por Livros - Qual foi a maior dificuldade que enfrentou como escritora?
FML Pepper - O preconceito que o público brasileiro tinha em relação a obras brasileiras, especialmente se o autor em questão tratava-se de alguém iniciante e autopublicado. Graças a Deus a massa crítica diz tudo e aqueles que torceram o nariz no passado mudaram sua postura, vieram até a mim e se transformaram em grandes amigos literários.

Mato por Livros - Qual a melhor coisa em ser escritora?
FML Pepper - O reconhecimento e feedback emocionados dos leitores, sem dúvida alguma! Quando um leitor espera horas em uma fila apenas só para te abraçar, quando um laço de amizade surge por meio dessa ponte magnífica chamada “Literatura” não pode existir pagamento e realização maior. Saber que você foi o responsável por dar vida a um personagem ou situação que transformou positivamente a vida de outra pessoa é algo realmente indescritível... e recompensador!

Mato por Livros - Que conselho você dá para alguém que quer seguir o seu exemplo?
FML Pepper - O conselho que darei aqui é o meu mantra de sempre: a distância entre o sonho e o sucesso depende apenas do caminho que decidir tomar. Foque nos seus objetivos e não desista dos seus sonhos porque, se você não lutar com paixão, serão os seus sonhos que desistirão de você. 



O Mundo de Crisinah - O que você diria para as pessoas que estão pensando, até mesmo iniciando seus livros? Qual seria sua dica?
Pepper - Eu diria para que sejam determinadas e não desistam diante dos obstáculos que surgirão pelo caminho. Minha dica é para que escrevam com paixão e sobre o que gostam e não porque um assunto está na moda. Modismos passam, mas uma boa história é atemporal e fala por si própria. 



Pepper, muito obrigada pela oportunidade de entrevistá-la e pelo apoio à Semana FML Pepper. Muito sucesso!

Beijo dos seus amados leitores.



A todos os queridos blogs que participaram desta semana FML Pepper,

Dizer obrigada apenas de repente me parece tão pouco...
Mas o que dizer quando seu coração bate mais rápido, o sorriso não sai de seus lábios e a felicidade transborda em seu rosto enquanto responde a essa homenagem, a esse presente em forma de entrevista que, honestamente, não sei se mereço.
Neste mesmo instante, acho-me a autora mais sem criatividade do mundo porque só consigo terminar esse nosso encontro encantador com outros: OBRIGADA, OBRIGADA, OBRIGADA.
De verdade.
De coração.
Pepper

OBS1: Fer e Karol, a vocês meu agradecimento especial pelo carinho e atenção indescritíveis. Vocês duas são simplesmente DEMAISSSSSSSS! <3
Obrigada mesmo, viu?

OBS2: Obrigada... De novo?!!!
 Êta falta de criatividade absurda desta autora que vos fala...   Se eu fosse vocês, tiraria créditos dela por isso... rsrsrs

Me siga nas redes sociais 

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...