10 janeiro 2015

Vamos Falar de Filme? Homens, Mulheres e Filhos


Título Original: Men, Women & Children
Ano: 4 de dezembro de 2014
Gênero: Comédia dramática
Sinopse: Não recomendado para menores de 16 anos 
Adultos, adolescentes e crianças amam, sofrem, se relacionam e compartilham tudo, sempre conectados. A internet é onipresente e, nesta grande rede em que o mundo se transformou, as ideias de sociedade e interação social ganham um novo significado. Algumas situações como um casal que não tem intimidade; uma garota que quer ser uma anoréxica melhor; um adolescente que vive em um mundo de pornografia virtual, fazem o expectador repensar a relações humanas. – Retirada de Adoro Cinema 

Antes de começar a resenha eu peço, por favor... Respeite aquela frase que está em negrito, o filme não é recomendado para menores de 16 anos e pronto. E quem tem que ficar ligado e muito nisso são os pais, se você é pai/mãe e está lendo isso já sabe que esse filme não é para seu filho. Desculpa gente, mas eu acho importante isso. Agora vamos começar?

O filme ele mostra como estamos vivendo no dia de hoje, não importa se você é adulto, criança ou adolescente você vai e está sempre conectado. Mensagens e mais mensagens, vídeos, bate-papo, qualquer coisa do tipo entra nesse filme. E tudo isso que você vai acompanhando acaba fazendo você pensar, tipo... Será que estou utilizando a internet para o bem ou apenas para coisas fúteis e sem sentido? 


O filme retrata bem isso, pessoas que utilizam a internet apenas como um refúgio devido coisas ruins que estão acontecendo em suas vidas. Um exemplo e que para mim é o melhor... É do garoto viciado em game e da garota que tinha um tumblr. A mãe da guria cuidava de todas as redes sociais da garota, checava todos os e-mails, todas as sms da filha e a garota não tinha como evitar, até que ela criou um tumblr que era onde pode se refugiar e deixa a mostra seus sentimentos, ser ela mesma. Por que a mãe dela fazia isso? Simples, super proteção, não queria que nenhum maluco chegasse perto da filha dela, não queria que nenhum cara resolvesse se interessar por ela. E acredita que a mãe dela tinha até um grupo com outros pais ensinando como controlar seus filhos? Era bem tenso. Às vezes proteção de mais estraga as coisas.




Outro caso mostra uma garota que queria ser modelo, ser atriz, ser famoso, esse era o objetivo de vida dela e nisso a mãe dela estava ajudando ela, mas elas meio que não tomaram cuidado com aquilo tudo que estavam fazendo. A menina tirava fotos totalmente sensuais e postava no site dela, ela recebia vários comentários e e-mails pedindo para encontrar com ela, quantos que ela estaria cobrando por um encontro, coisas do tipo sabe? E quando ela realmente teve a oportunidade de ser alguém na carreira que ela queria seguir ela não conseguiu simplesmente por culpa das fotos que haviam sido postadas. Se você for ver hoje em dia, quantas meninas ficam postando fotos sem um mínimo de decência nas redes sociais?  


Por culpa da internet casais que não possuem um pouco de intimidade ou respeito resolvem marca encontros sexuais com outras pessoas, sem nem ao menos se importar com o outro. Isso mostra como muitas e muitas pessoas estão utilizando a internet de forma totalmente errada.


Gostei do filme porque faz a gente pensar em todos esses pontos e muito mais, não estou dizendo para você utilizar a internet apenas para estudar, ler, etc... Estou dizendo para você tomar cuidado com aquilo que você está fazendo na internet, às vezes aquilo pode não apenas te prejudicar, mas também prejudicar alguém próximo a você. Você consegue tirar muitas ideias e pensamentos do filme, apesar dele parecer meio estranho, mas mesmo assim você vai conseguir pensar em vários pontos diferentes.

Eu espero que vocês tenham gostado da dica e se assistirem, me contem o que acharam e alguém que está lendo esse post já assistiu o filme? O que achou? Compartilhe sua opinião nos comentários.

Beijos. <3

Me siga nas redes sociais 

14 comentários:

  1. Quero muito ver esse filme, adoro filmes que envolvem psicologia e que abordam temas atuais. Para mim, esse filme é quase um alto-ajuda, pois a internet está dominando as relações sociais e muitas vezes de forma negativa. Confere meu blog, tem post de melhores filmes de 2014, livros desejados de janeiro (no qual homens, mulher e filhos está presente) e promoção! http://chegadetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem assim mesmo... E assiste sim, acho que vai gostar. :D

      Excluir
  2. Olá, tudo bem??

    Nunca vi esse filme... Me deu muita vontade de ver, me pareceu bem real. E super concordo, muitas vezes a internet acaba sendo o nosso refugio mesmo

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo certo e com você?
      Assiste sim, ele parece ser bem real mesmo, sabe? Por abordar assuntos normais e tal...
      xoxo

      Excluir
  3. Eu assisti o filme recentemente e gostei, mas esperava um pouco mais. Achei que alguns plots foram muito bem abordados, mas outros meio "esquecidos" ao decorrer do filme. O que foi meio triste. Mas achei todo o decorrer do filme bem profundo, faz realmente pensar se nos enquadramos em algum dos exemplos mostrados no filme.
    Gostei da resenha!
    Beijos,
    http://livrodeunicornios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso acontece quase em todos os filmes né? Mas você tem razão, tem coisas que a gente fica se perguntando... "OK, mas e aquela outra coisa?", mas tirando isso eu achei legal o filme e realmente faz a gente pensar.
      Muito obrigada. :D
      Beijos.

      Excluir
  4. Nunca vi esse filme, mas parece ser bem do jeito que eu gosto, vou anotar pra assistir depois!
    http://www.algumasprimaveras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha ouvido falar várias vezes desse filme, sempre me interessou, mas eu nunca tinha parado pra ler realmente sobre ele. Vou aproveitar que é fina de semana, interromper um pouquinho minhas séries (que estão atoladas), e ver esse filme ainda hoje, seu post me deixou muito curiosa.
    P.S: Também acho super importante isso de respeitar a classificação, apesar de eu nunca ter respeitado e tudo mais, mas conforme você vai crescendo, começa a entender certas coisas, achei legal você dar ênfase para isso.
    Beijos

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste sim Natalia, acho que vai gostar... Eu gostei do filme. Que bom que gostou, realmente a gente tem que se preocupar com isso e respeitar a classificação e principalmente os pais tem que cobrar isso dos filhos. Eu fui uma das crianças que meus pais não deixavam eu assistir qualquer coisa. hahaha
      Beijos

      Excluir
  6. Ainda não vi, mas faz um tempo que quero vê-lo. Parece muito bom.

    naoseavexe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste sim Paulina, acho que você vai gostar. :D

      Excluir
  7. Adorei a dica! Ainda não assisti esse filme, me interessei muito agora! :)
    Essa parte da mãe super protetora e da menina que quer ser famosa é bastante comum hj em dia. Conheco muitas pessoas assim, e aqui no país em que vivo (Noruega), vejo essa realidade ainda mais forte. Ótimo post! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste sim Lu... Acho que você vai gostar..
      Super protetora acho que é normal né? Na verdade normal é ser uma mãe protetora apenas, super protetora as vezes acaba estragando a criança.
      Fico feliz que tenha gostado. :D
      Beijos.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...